INOVAÇÃO

O fim dos boletos? Banco Central anuncia o PIX Cobrança

0

O Banco Central aprovou na última quinta-feira (29) duas novas funcionalidades para o Pix, sistema de pagamento instantâneo. As novidades incluem um método de cobrança e uma API que promete integrar os sistemas do serviço para padronizar o recebimento de valores.

Batizado de Pix Cobrança, um dos recursos permite que lojistas, fornecedores e prestadores de serviço gerem QR Codes para receber valores. Com isso, é possível definir data limite para que o valor seja pago, descontos e multas. A funcionalidade se assemelha ao que é visto hoje com o pagamento de boletos bancários.

As empresas que planejam adotar o Pix também devem implementar uma interface de programação de aplicações, chamada API Pix, fornecida pelo Banco Central. Isso significa que os empreendedores terão à disposição uma ferramenta que pode ajudar no processo de escolher onde manter sua conta.

Além disso, o recurso fornece diversas funcionalidades para gestão do negócio e utilização da solução de pagamentos, como criação e gestão de cobranças, verificação de liquidação e suporte aos processos de devolução.

Em um exemplo, o Banco Central indica que, caso um empresário queira mudar de conta e não utiliza a API fornecida, será necessário reconfigurar todos os seus sistemas para APIs diferentes. Com a adoção do API Pix, esse processo seria facilitado. 

Pix será totalmente gratuito para pessoas físicas. Essa condição se mantém desde que suas aplicações não sejam para fins comerciais. Para assegurar isso, o Banco Central definiu algumas regras para os utilizadores.

Pessoas físicas podem receber até 30 pagamentos do tipo por mês. Caso esse número seja maior, cabe a cada instituição financeira cobrar tarifas sobre as transações. Além disso, vale lembrar que recebimentos por meio da funcionalidade de QR Code dinâmico pode configurar uso comercial, o que também pode gerar cobranças.

Fonte: Banco Central do Brasil

André de Araujo
Maker e Fouder na Noroeste Valley

    Senai inaugura instituto de inovação em saúde em Salvador

    Previous article

    Gestora carioca anuncia novo fundo de R$ 100 milhões para investir em startups

    Next article

    You may also like

    Comments

    Leave a reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    More in INOVAÇÃO